HISTÓRIA DA RAÇA

A raça Braford surgiu oficialmente na Flórida (EUA), na década de 60. Já no Brasil, em 1967, o criador Rubem Silveira Vasconcellos, de Rosário do Sul (RS), iniciou a importação de Zebuínos americanos, da raça Brahma, visando cruzá-los especificamente com bovinos Hereford, a fim de criar uma nova raça bi-mestiça, logo os criadores do Rio Grande do Sul começaram a perceber as vantagens do cruzamento entre os herefords e zebus e incentivados por programas de cruzamentos governamentais difundiram os cruzamentos no estado.

Após vários anos da introdução do zebuíno nos pampas gaúchos, produtores e técnicos trabalhavam em esquemas de cruzamento entre Hereford e Zebu para formação de uma raça com traços de genótipo zebuíno, procurando rusticidade e adaptabilidade.

A partir da década de 80 a Associação Brasileira de Hereford e Braford, na época, denominada Associação Brasileira de Criadores de Hereford e Polled Hereford (ABCHPH), sabedora desses esforços, achou por bem tentar orientar e oficializar esse processo de criação, com apoio da Embrapa Pecuária Sul. Então, seu corpo técnico iniciou visitas aos criadores que estavam mais adiantados na seleção desses animais para ver os esquemas que estavam sendo montados e tenta-los unificá-los para formação da raça Braford.

Assim em 1983 a ABCHPH inicia o controle de registros de grau sangue e o mapeamento dos criadores que estavam fazendo os cruzamentos para formação da raça. Também nesse ano, foram aceitos, oficialmente, a inscrição de animais Braford, registrados na ABCHPH, na Expofeira de Rústicos da Raça Hereford, de Uruguaiana (RS).

Nascia a Pampiano Braford, que após um curto período passou a se chamar apenas Braford, mudança que visou facilitar o intercâmbio internacional. Em 1993, a ABCHPH obteve o reconhecimento de raça em formação pelo Ministério da Agricultura do Brasil, quando a mesma adota o nome atual de Associação Brasileira de Hereford e Braford (ABHB) e recebe a delegação para efetuar o registro genealógico da raça em todo território nacional, sendo a Braford, finalmente, reconhecida como raça, no Brasil, em 2003.

PRINCIPAIS CARACTERISTICAS DA RAÇA

O Braford moderno congrega a fertilidade, habilidade materna, precocidade, temperamento dócil, volume e qualidade da carne do Hereford com a capacidade de adaptação aos trópicos, resistência aos ectoparasitas, rusticidade e rendimento de carcaça dos zebuínos, além do benefício indiscutível da heterose, que qualifica ainda mais sua carne.

O macho Braford é extremamente fértil, viril e precoce, adaptando-se muito bem às condições de reprodução a campo. Detentor de excepcional massa muscular; é incomparável na missão de produzir bezerros.

A fêmea Braford é precoce e fértil. Tem comprovado potencial de entrar em reprodução, totalmente a campo, entre 14 e 18 meses de idade. Com peso médio adulto de 450Kg (15@), tem excelente facilidade de parto e habilidade materna, desmamando aos 6 – 8 meses bezerros que podem ter mais de 50% do peso materno.

O novilho Braford é muito precoce na terminação, podendo ser abatido, em terminação exclusivamente a campo, aos 18 – 24 meses de idade e peso entre 380 e 480 Kg, apresentando rendimentos de carcaça entre 52 e 58%.

Tem carcaça bem conformada, bom perfil muscular; alto rendimento de cortes comestíveis e, o que é mais importante, tem cobertura de gordura e marmorização, o que garante a boa conservação das características de sabor e suculência quando no resfriamento realizado pelos frigoríficos, garantindo também a excelente apresentação dos cortes na gôndola.

Fonte: www.hereford.com.br